[1]
A. L. H. de Albuquerque e H. Langoni, “A prática do tratamento na leishmaniose visceral canina (lvc) em clínicas veterinárias, cuidados e protocolos”, RVZ, vol. 25, nº 1, p. 132-141, dez. 2018.