CARACTERIZAÇÃO PELVIMÉTRICA DE MATRIZES CAPRINAS ANGLONUBIANAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35172/rvz.2023.v30.1024

Palavras-chave:

caprinocultura, melhoramento genético, pelve, pós-parto

Resumo

Atualmente, poucos estudos se dedicam a pesquisas mais aprofundadas de aspectos elementares da pelvimetria, sendo estes, ainda mais escassos com a espécie caprina e neste sentido, o presente estudo tem como objetivo caracterizar as medidas externas corpóreas de matrizes caprinas e de sua pelve. Foram utilizadas 30 matrizes caprinas da raça Anglonubiana em idade reprodutiva, manejadas em sistema intensivo, pertencentes ao setor de caprinocultura da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Professora Cinobelina Elvas (CPCE), Bom Jesus, Piauí, Brasil. Durante todo o ciclo produtivo, foram realizadas mensurações pélvicas das matrizes durante a gestação e no pós-parto, suas medidas corporais e peso vivo. A análises estatísticas foram realizadas pelo Statistical Analysis Software abrangendo análise discriminante, correlação, regressão e comparação de médias. Os resultados obtidos para as características de AC (altura de cernelha), CC (comprimento corporal), PT (perímetro toraxico), BII (biilíaca externa), BISQ (biisquiática externa) e ILIOQ (ilioisquiática externa) apresentaram um baixo coeficiente de variação (C.V), o que demonstra uma estabilidade do rebanho com relação essas características, ocorrendo poucas variações entre os animais. Não foram verificada diferenças significativas para as medidas de Biilíaca e a Ilioisquiática externas com relação ao estágio fisiológico. Já a Biisquiática, foi observado um aumento durante a gestação. De acordo com os dados observados, não ocorreram diferenças significativas entre as características avaliadas entre cabras primíparas e multíparas. A incorporação de bancos de dados com as medidas corporais e pélvicas de cabras auxiliam no desenvolvimento de programas de melhoramento genético de diferentes raças caprinas, reduzindo a ocorrência de eventos de distocia e /ou dificuldade ao parto de modo geral. As amostragens foram incorporadas em um banco de dados, que está sendo construído para controle e análise genética dos animais Colégio Técnico de Bom Jesus, Piauí. As informações de produção e reprodução do rebanho também estarão disponíveis nesse banco de dados.

Referências

Binns SH, Cox IJ, Rizvi S,Green LE. Risk factors for lamb mortality on UK sheep farms. Preventive Veterinary Medicine, 2022, 52(3-4):287- 303. DOI: doi.org/10.1016/S0167-5877(01)00255-0 DOI: https://doi.org/10.1016/S0167-5877(01)00255-0

Bonino J, Durán del Campo A, Mari JJ. Enfermedades de los lanares. Enfermedades infecciosas y no transmisibles. Montevideo. Hemisferio Sur. 1987. 220 p.

Christley RM, Morgan KL, Parkin TDH, French NP. Factors related to the risk of neonatal mortality, birth-weight and serum immunoglobulin concentration in lambs in the UK. Preventive Veterinary Medicine, 2003, 57(4):209-226. DOI: https://doi.org/10.1016/S0167-5877(02)00235-0

Costa Jr GS, Campelo JEG, Azevedo DMMR, Martins Filho R, Cavalcanti RR, Lopes JB, Oliveira, ME. Caracterização morfométrica de ovinos da raça Santa Inês criados nas microrregiões de Teresina e Campo Maior, Piauí, R. Bras. Zootec, 2006, 36(6):2260-2267. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-35982006000800009

Fernández Abella D. Temas de reproducción ovina e inseminación artificial en bovinos y ovinos; mortalidad neonatal de corderos. Montevideo, Facultad de Agronomía. 1995, 206 p.

Ferreira TA, Pereira IG, Gouveia AMG, Pires AV, Facó O, Farah MM, Pessoa MC, Guimarães, MPSLPM. Avaliação genética de caprinos da raça Saanen nascidos no Brasil de 1979 a 2009. Arq. Bras. Med. Vet. e Zoot., 2014, 66(4):1179- 1188. DOI: doi.org/10.1590/1678-6154 DOI: https://doi.org/10.1590/1678-6154

Fonseca CC, Campos SK, Benjamin LA, Neves MTD, Machado GV, Espeschit CJB. Parâmetros biométricos maternos e fetais e suas relações com diâmetros durante a gestação em cabras mestiças. Arq. Ciên. Vet. Zoot., 2001, 4(2):147-153.

George JM. The incidence of dystocia in fine wool Merino ewes. Aust. Vet. J. 1975, 51:262-265. DOI: doi.org/10.1111/j.1751-0813.1975.tb06931.x DOI: https://doi.org/10.1111/j.1751-0813.1975.tb06931.x

Haughey KG. Prerinatal Lamb mortality – its investigation, causes and control. Journal of the South African Veterinary Association, 1991, 62(2):78-91 (En.) Stromlo Place, Campbelltown, New South Wales 2560, Australia. DOI: https://doi.org/10.4102/jsava.v62i2.1599

Jackson PGG. Handbook of veterinary obstetrics. 2a ed. Edinburgh, Saunders. 2004, 268 p.

Medeiros GR, Pimenta Filho EC, Sousa WH, Brito EA. Peso à cobrição e ganho de peso durante a gestação de cabras nativas, exóticas e mestiças no semi-árido. R. Bras. Zootec, 2004, 33(6):1711-1720. DOI: doi.org/10.1590/S1516-35982004000700010 DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-35982004000700010

Noakes DE, Parkinson TJ, England GCW. Arthur's veterinary reproduction and obstetrics. 8a ed. London. Saunders, 2001, 868p.

Nóbrega Jr JE, Riet-Correa F, Medeiros JM, Vasconcelos JS, Simões SVD, Tabosa IM. Mortalidade perinatal de cordeiros no semi-árido da Paraíba. Pesquisa Veterinária Brasileira, 2005, 25(3):171-178. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-736X2005000300008

Oliveira AC, Bombonato PP, Baruselli SP, Oliveira JFS, Souza AO. Pelvimetria e pelvilogia em búfalas mestiças (Bubalus bubalis). Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 2001, 38(3):114-121. DOI: doi.org/10.1590/S1413-95962001000300004 DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-95962001000300004

Oliveira LF. Pelvimetria e escore de dificuldade de arto em vacas de raça Holandesa. Belo Horizonte, MG; Universidade Federal de Minas Gerais, 2008, 60p. 2008. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) ¬– UFMG.

Riet-Correa, F. Mortalidade perinatal em ovinos e caprinos. In: RIET-CORREA, F. et al. Doenças de ruminantes e eqüídeos. Santa Maria: Palotti, 2007, 2(6):455-465.

Santana AF, Costa GB, Fonseca LS. Correlações entre pesos e medidas corporais em ovinos jovens da raça Santa Inês. Revista Brasileira de Saúde e Proteção Animal, 2001, 1(3):74-77.

Sarmento JLR, Pimenta Filho EC, Abreu UGP, Ribeiro MN, Sousa JER. Prolificidade de caprinos mestiços leiteiros no semiárido nordestino. R. Bras. Zootec., 2010, 39(7):1471-1476. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-35982010000700011

SAS. Statistical Analysis System. SAS Circle. SAS Institute Inc., Cary, NC.2002.

Wiener G, Woolliams C. The effect of breeding system and other factors on lamb mortality. J. Agric. Sci. Cambr. 2000, 100:539-551. DOI: https://doi.org/10.1017/S0021859600035292

Downloads

Publicado

2023-02-17

Como Citar

1.
Maia AM, Pimenta JLL de A, Costa M da S, da Silva PO. CARACTERIZAÇÃO PELVIMÉTRICA DE MATRIZES CAPRINAS ANGLONUBIANAS. RVZ [Internet]. 17º de fevereiro de 2023 [citado 26º de maio de 2024];30:1-8. Disponível em: https://rvz.emnuvens.com.br/rvz/article/view/1024