IRRIGAÇÃO DO POLIMETILMETACRILATO AUMENTA A RESISTÊNCIA À TRAÇÃO DURANTE A POLIMERIZAÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35172/rvz.2024.v31.1605

Palavras-chave:

Resina acrílica, Ensaio mecânico, Tração, Reação exotérmica, Rigidez

Resumo

O trabalho visou avaliar a resistência do polimetilmetacrilato (PMMA), com irrigação (grupo I) ou sem irrigação (grupo S) na fase final de polimerização da resina, quando ocorre reação exotérmica que pode superar os 100ºC. Através de ensaio mecânico de tração, analisado no computador, as forças geradas para romper as barras com auxílio de máquina EMIC com capacidade de tração de até 100kN (quilonewtons), equivalente a 9,81 toneladas. Testaram-se 22 moldes (corpo de prova) medindo 6,8 x 1,8 x 0,8 cm, sendo 11 de cada grupo, onde os corpos de prova que foram irrigados apresentaram acréscimo de 12,7% na resistência o que foi estatisticamente significativo (p=0,0382). Macroscopicamente, observou-se no grupo irrigado diminuição de 46,8% das bolhas de ar geradas no processo de polimerização da resina, pelo qual acredita-se que tenha aumentado sua resistência, por diminuir sua porosidade.

 

Referências

Brinker O, Piermattei D, Flo G. Handbook of Small Animal Orthopedics and Fracture Repair. 5 ed. Riverport: Elsevier; 2016. Fractures: Classification, Diagnosis, and Treatment; p. 24- 152.

Camacho DP, Svidzinsk TIE, Furlaneto MC, Lopes MB, Corrêa GO. Resinas Acrílicas de Uso Odontológico à Base De Polimetilmetacrilato. Braz. J. Surg. Clin. Res. 2014; 6(3): 63-72.

Chitolina T, Schons LC, Dunker EC, Santos AA, Serafini GMC. Fraturas apendiculares em cães e gatos: casuística. Rev Ciên Anim. 2022; 32(1): 45-54.

De Wijn JR. Reduction of maximum temperature in the polymerization of cold- and heat-curing acrylic resins. Journ of Bio Mat Res.1974; 8(6): 421-434. https://doi.org/10.1002/jbm.820080610.

Garcia A, Spim JA, Santos CA. Ensaio dos Materiais. 1a ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; 2000. Ensaio de tração; p. 22-43.

Gioso MA, Vianna RS, Venturini MAFA, Correa HL, Venceslau A, Araújo VC. Análise clínica e histológica da utilização da resina acrílica autopolimerizável nas fraturas de mandíbula e maxila e separação da sínfise mentoniana em cães e gatos. Ciên Rur. 2001; 31(2): 291-298. https://doi.org/10.1590/S0103-84782001000200016.

Hayashi K, Schulz KS, Fossum TW. Principles of Fracture Diagnoses and Management. In: Fossum TW. Small Animal Surgery. 5 ed. Philadelphia: Elsevier, 2019. Cap. 32, p. 976 – 1035.

Krüger RM. Determinação do potencial térmico em barras conectoras de resina acrílica autopolimerizável de fixadores externos por termografia [dissertação]. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, 2012.

Moritz AR, Henriques FC. Studies of Thermal Injury: The Relative Importance of Time and Surface Temperature in the Causation of Cutaneous Burns. Amer Journ Patho.1947;23(5): 695-720.

Rocha COJM. Comparação da avaliação mecânica de compressão axial em seis modelos de fixadores esqueléticos externos confeccionados com barras estabilizadoras de polimetacrilato de metila ou de madeira e parafusos de aço inoxidável 304 [dissertação]. Rio de Janeiro (RJ): Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2008.

Santos RP, Mazzanti A, Beckmann DV, Aiello G, Brum JS, Leme Junior PT, Rippingler A, Neto DP, Miranda TF. Temperatura de polimerização da resina acrílica odontológica na medula espinhal de ratos Wistar. Arq Bras Med Vet e Zootec.2012; 64(4): 865-872. https://doi.org/10.1590/S0102-09352012000400012.

Schmit B, Serafini GMC, Libardoni RN, Souza FW, Feranti JPS, Cauduro CR, Amaral AS, Brun MV. Ensaio biomecânico para determinação do diâmetro de barra conectora de polimetilmetacrilato em fixador esquelético externo tipo Ia no úmero de suínos. Arq Bras Med Vet e Zootec. 2018; 70(3): 779-786. https://doi.org/10.1590/1678-4162-9620.

Tomazela L. Desenvolvimento, caracterização física e química e análise de propriedades osteogênicas de cimento ósseo poroso a base de PMMA contendo estrôncio. 2020. 110 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Química, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, SP, 2020.

Wikman AGM. Acetabular cement temperature in arthroplasty. Effect of water cooling in 19 cases. Acta Ortho Scand.1992;63(5): 543–544. https://doi.org/10.3109/17453679209154733.

Yamazoe K, Hibino C, Kudo T, Yanai T. The reduction of humeral fracture in pigeons with intramedullary poly (methyl methacrylate) and neutralization plate fixation. Journ of Vet Med Scie. 1994; 56(4): 739-745. https://doi.org/10.1292/jvms.56.739.

Downloads

Publicado

2024-05-09

Como Citar

1.
Schmitt B, Callegaro Serafini GM, do Nascimento Libardoni R, Chitolina T, Götz Socolhoski BV. IRRIGAÇÃO DO POLIMETILMETACRILATO AUMENTA A RESISTÊNCIA À TRAÇÃO DURANTE A POLIMERIZAÇÃO. RVZ [Internet]. 9º de maio de 2024 [citado 26º de maio de 2024];31:1-7. Disponível em: https://rvz.emnuvens.com.br/rvz/article/view/1605

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)