Phmetria esofágica em cães

  • Jorge Luiz Costa Castro
  • Vinicius Gonzalez Peres Albernaz
  • Flávio Augusto Vieira Freita
  • Ubirajara Iobe Tasqueti
  • Sérgio Santalucia Ramos da Silva
  • Alceu Gaspar Raiser
Palavras-chave: pH, esôfago, refluxo, gástrico, anestesia, cães

Resumo

A avaliação da phmetria esofágica é um método sensível e especifico para detectar a
ocorrência de refluxo gastroesofágico, bem como sua frequência, duração e até mesmo
determinar a origem. O conteúdo do refluxo gastroesofágico pode ter origem somente
gástrica, duodenal ou de ambos, demonstrando características únicas em relação a valores
ácido-base e graus de severidade diferentes. O objetivo deste trabalho foi determinar o valor
do pH esofágico em cães anestesiados, e avaliar a ocorrência de episódios de refluxo
gastroesofágico durante as intervenções cirúrgicas. Foram utilizados nove cães machos e
fêmeas adultos saudáveis, com peso corporal médio de 15,0 ± 5,4 kg. A pHmetria esofágica
foi realizada pela inserção de um cateter pela nasofaringe em 9 cães anestesiados com
cetamina, midazolan e metadona; propofol e isoflurano, submetidos as intervenções de
mastectomia, orquiectomia e ovariosalpingohisterectomia eletiva. Em nove cães que foram
realizadas a passagem do cateter, apenas um animal submetido a ovariosalpingohisterectomia
apresentou episódio de refluxo gastroesofágico; comprovado por esofagoscopia. A phmetria
foi realizada até 180 minutos pós-anestesia, sem alterações significativas da mensuração do
pH (P<0,05) em todos os tempos. Os animais foram acompanhados até 30 dias de pósoperatório sem sinais clínicos de esofagite. A média de todas as mensurações de pH foi de
6.229 +- 0.5245.

Publicado
29-09-2017
Como Citar
Costa Castro, J. L., Gonzalez Peres Albernaz, V., Vieira Freita, F. A., Iobe Tasqueti, U., Santalucia Ramos da Silva, S., & Gaspar Raiser, A. (2017). Phmetria esofágica em cães. Veterinária E Zootecnia, 24(3), 571-580. https://doi.org/10.35172/rvz.2017.v24.294
Seção
Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)