Modelo de vulnerabilidade à circulação do vírus rábico entre abrigos de morcegos hematófagos no município de São Pedro-SP

  • Paulo Jacques Mialhe
  • Luiz Eduardo Moschini Universidade Federal de São Carlos - Departamento de Ciências Ambientais
Palavras-chave: Desmodus rotundus, raiva, SIG

Resumo

O morcego hematófago Desmodus rotundus é o principal transmissor da raiva dos herbívoros
domésticos, que causa enormes prejuízos econômicos na pecuária da América Latina. A partir
da análise e combinação de determinantes que que contribuem para a exposição e a difusão do
vírus da raiva (Variante 3) entre morcegos, foi possível estimar qualitativamente a
vulnerabilidade à circulação do vírus rábico entre abrigos de D. rotundus no Município de São
Pedro. A maioria dos abrigos mostrou-se pouco vulneráveis à circulação do vírus rábico, devido
principalmente a ausência do vírus no Município e ao baixo número de D. rotundus habitando
a maioria dos abrigos. O modelo apresentado possui baixo custo, podendo ser feito em
softwares gratuitos de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) ou utilizando somente um
aparelho receptor GPS, permitindo otimizar o monitoramento e intervenções de controle da
raiva dos herbívoros, com economia de tempo e recursos

Publicado
02-07-2019
Como Citar
Mialhe, P. J., & Moschini, L. E. (2019). Modelo de vulnerabilidade à circulação do vírus rábico entre abrigos de morcegos hematófagos no município de São Pedro-SP. Veterinária E Zootecnia, 26, 1-12. https://doi.org/10.35172/rvz.2019.v26.350
Seção
Artigos Originais