Intoxicação por metronidazol em gata

Relato de caso

  • David Richard Miranda
  • Aline Costa da Silva
  • Rodrigo Bernardes Nogueira
Palavras-chave: felino, Giardia, neurotoxicidade, ataxia, hipermetria

Resumo

O metronidazol é um antibiótico da classe dos nitroimidazóis, frequentemente utilizado na clínica médica de pequenos animais, principalmente para o tratamento de infecções protozoárias e bacterianas anaeróbicas. Por apresentar alta biodisponibilidade e atravessar a barreira hematoencefálica, este pode acumular-se no sistema nervoso central e induzir sinais de neurotoxicidade. O objetivo deste trabalho é relatar o caso de intoxicação de uma gata após a administração de metronidazol para o tratamento de giardíase. Foram observadas letargia, vômitos, ataxia, hipermetria, nistagmo vertical em ambos os olhos e déficit de propriocepção em membros pélvicos. Devido à sintomatologia clínica foi suspensa imediatamente a administração do metronidazol e instituído tratamento suporte. Cinco dias após a suspensão do fármaco não foram mais observadas nenhuma alteração neurológica

Publicado
18-12-2018
Como Citar
Miranda, D. R., Silva, A. C. da, & Nogueira, R. B. (2018). Intoxicação por metronidazol em gata: Relato de caso. Veterinária E Zootecnia, 25(2/4), 1-4. https://doi.org/10.35172/rvz.2018.v25.77
Seção
Relatos de Casos