IMPLANTAÇÃO DE ESCRITURAÇÃO ZOOTÉCNICA EM PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS NO MUNICÍPIO DE GRAJAÚ - MA

  • Leandro Pereira Rezende Universidade Federal de São Carlos
  • Gislane da Silva Lopes Centro de Ciências Agrárias da Universidade Estadual do Maranhão
  • Sônia de Sousa Silva Lima
  • Elba Pereira Chaves Centro de Ciências Agrárias da Universidade Estadual do Maranhão
Palavras-chave: Controle do rebanho, índices zootécnico, produtividade

Resumo

A escrituração zootécnica é a ferramenta básica para a organização de uma propriedade rural, pois garante o controle das informações gerais e de todos os índices produtivos do rebanho. Objetivou-se com este trabalho realizar a implantação da escrituração zootécnica em pequenas propriedades rurais do município de Grajaú – MA. Foi desenvolvido em três propriedades (P1, P2 e P3), situadas no máximo a 35 km da sede do município. Foram aplicados questionários sobre informações referente ao tipo de forrageira utilizada, tamanho total do rebanho, número de matrizes, número de bezerros e as práticas de manejos realizadas na propriedade; e elaborou-se planilhas e fichas, seguida de posterior implantação e monitoramento das ações. Com a informação obtida através dos questionários, foi realizado o cálculo dos índices zootécnico das propriedades, que revelaram o intervalo entre partos de 12 meses, peso de desmame entre 80 e 90 kg, taxa de natalidade de 75% com exceção da P1 (50%), idade de primeira cobertura com 1,5 a 2,0 anos e a relação touro vaca de 1:25. Com o uso das planilhas foi possível realizar o controle do rebanho das propriedades, com observação dos meses que tiveram maior número de nascimentos e produção de leite. Essa organização da produção forneceu ao produtor informações que permitiram o planejamento das parições em épocas adequadas (período chuvoso) e seleção eficiente dos animais. Além disso, o trabalho contribuiu para a organização da propriedade, seleção de animais mais produtivos, quantificação de leite produzido, contabilidade de lucros e informações sobre o manejo do rebanho, demonstrando, assim, que a escrituração zootécnica é fundamental para o sucesso produtivo de uma propriedade rural.

Referências

1. Formigoni I. Maiores rebanhos e produtores de carne bovina no mundo [Internet]. Farmnews; 2017 [citado 2018 Set 20]. Available from: http://www.farmnews.com.br/analises-mercado/produtores-de-carne-bovina/

2. Hyberville Neto. Maiores rebanhos bovinos em 2014 [Internet]. São Paulo: Scot Consultoria; 2014 [citado 2015 Ago 26]. Available from: https://www.scotconsultoria.com.br/noticias/todas-noticias/36510/maiores-rebanhos-bovinos-em-2014.htm

3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pecuária Brasileira [Internet]. Rio de Janeiro: IBGE; 2016 [citado 2015 Ago 23]. Available from: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/panorama

4. Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Projeções do agronegócio: Brasil 2014/2015 a 2024/2025. Brasília: MAPA; 2015.

5. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Brasil, Maranhão, Pecuária de Grajaú [Internet]. Rio de Janeiro: IBGE; 2016 [citado 2015 Fev 17]. Available from: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ma/grajau/pesquisa/18/0

6. Mion TD, Daroz RQ, Jorge MJA, Morais JPPG, Gameiro AH. Indicadores zootécnicos e econômicos para pequenas propriedades leiteiras que adotam os princípios do projeto balde cheio. Inf Econ. 2012;42(5):5-19.

7. Santos JND, Carvalho MVPD, Silva ARD. Escrituração zootécnica e registros de manejo, produção e reprodução de bovino leiteiros na região leste de Rondonópolis-MT. In: Anais do Congresso Brasileiro de Zootecnia; 2006; Recife. Recife: SBZ; 2006.

8. Lima ME. Bovinocultura leiteira [Relatório de estágio extracurricular em Medicina Veterinária]. Pelotas: Faculdade de veterinária, Universidade Federal de Pelotas; 2011.

9. Quirino CR, Costa RLD, Silva RMC, Siqueira JG, Afonso VAC, Bucher CH. Implementação da escrituração zootécnica e registros de produção e reprodução em propriedades de criação de ovinos na região norte fluminense. In: Anais do 2o Congresso Brasileiro de Extensão Universitária; 2004; Belo Horizonte. Belo Horizonte: UFMG; 2004.

10. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Maranhão – Grajaú [Internet]. Rio de Janeiro: IBGE; 2008 [cited 2015 Out 10]. Available from: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=210480&search=||infogr%E1ficos:-informa%E7%F5es-completas

11. Moura RD, Zampar A, Chiossi DM, Bottin FL, Santin Junior I, Simon L, et al. Implantação da escrituração zootécnica para gestão de propriedades pecuárias no oeste de Santa Catarina. In: Anais do 25o Congresso Brasileiro de Zootecnia; 2015; Fortaleza. Fortaleza: SBZ; 2015.

12. Lei nº 12.651, de 25 de Maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nºs 6.938, de 31 de Agosto de 1981, 9.393, de 19 de Dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de Dezembro de 2006; revoga as Leis nos 4.771, de 15 de Setembro de 1965, e 7.754, de 14 de Abril de 1989, e a Medida Provisória no 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Diário Oficial da União [Internet]. 28 Maio 2012 [cited 2016 Jan 25]. Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12651.html

13. Santos PM. Sistema de pastejo rotacionado - Divisão de área [Internet]. Piracicaba: Beefpoint; 2004 [cited 2016 Jan 23]. Available from: http://www.beefpoint.com.br/radares-tecnicos/pastagens/sistemas-de-pastejo-rotacionado-1-divisao-da-area-18549

14. Figueiró RN. Metodologia de diagnóstico e planejamento de propriedades leiteiras. [monografia]. Aquidauana, MS: UEMS; 2008.

15. Veiga JBD. Criação de gado de leite na zona Bragantina [Internet]. Brasília: Embrapa Amazônia Oriental; 2005 [cited 2016 Jan 21]. Available from: https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Leite/GadoLeiteiroZonaBragantina/paginas/manejop.htm

16. Ferreira ADM, Miranda JECD. Medida de eficiência da atividade leiteira: índices zootécnicos para rebanho leiteiros. Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite; 2007. (Comunicado Técnico).

17. Silva L. Como reduzir o intervalo entre partos na pecuária de leite [Internet]. Viçosa: Centro de Produções técnicas; 2012 [cited 2016 Jan 21]. Available from: http://www.cpt.com.br/cursos-bovinos-gadodeleite/artigos/como-reduzir-o-intervalo-entre-partos-na-pecuaria-de-leite

18. Carvalho LDA, Novaes LP, Martins CE, Zocal R, Moreira P, Ribeiro ACCL, et al. Sistemas de alimentação: desaleite ou desmame de bezerros. Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite; 2002. (Sistemas de produção, 2).

19. Neiva JMN, Restle J. Aproveitamento de machos de origem leiteira para produção de carne: Por que o Brasil não usa essa tecnologia com eficiência? [Internet]. Piracicaba: Milkpoint; 2013. [cited 2016 Jan 23]. Available from: http://www.milkpoint.com.br/radar-tecnico/sistemas-de-producao/aproveitamento-de-machos-de-origem-leiteira-para-producao-de-carne-por-que-o-brasil-nao-usa-essa-tecnologia-com-eficiencia-85894n.aspx

20. NutrOeste. Agrupamento de vacas leiteiras [Internet]. Goiânia: Nutroeste; 2016 [cited 2016 Jan 23]. Available from: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:FUzG9AQQ3o0J:www.nutroeste.com.br/artigos/agrupamento-de-vacas-leiteiras/+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

21. Peres JR. A estratégia de divisão dos animais em lotes afeta o comportamento e o consumo de alimentos. Piracicaba: Milkpoint; 2001. Cited 2016 Jan 23. Available from: http://www.milkpoint.com.br/radar-tecnico/nutricao/a-estrategia-de-divisao-dos-animais-em-lotes-afeta-o-comportamento-e-o-consumo-de-alimentos-15880n.aspx

22. Food And Agriculture Organization of the United Nations - FAO. Statistical Database-Faostat [Internet]. Roma: FOA; 2015 . [cited 2016 Fev 17]. Available from: http://faostat.fao.org/

23. Renó FP, Pereira JC, Leite CAM, Rodrigues TM, Campos OFD, Fonseca DMD, et al. Eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção de leite por lactação e estratégias de alimentação. Rev Bras Zootec. 2008;37(4):765-72.

24. Pereira PAC. Relação entre problemas reprodutivos e eficiência reprodutiva comparada por diferentes métodos em rebanhos bovinos leiteiros [tese]. Belo Horizonte: Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais; 2009.

25. Lopes MA, Cardoso MG, Demeu FA. Influências de diferentes índices zootécnicos na composição e evolução de rebanhos bovinos leiteiros. Cienc Anim Bras. 2009;10(2):446-53.

26. Lemos AM, Madalena FE, Teodoro RL, Barbosa RT, Monteiro JBN. Comparative performance of six holstein-friesian x guzera grades in Brazil 5: age at first calving. Rev Bras Genet. 1992;15(1):73-83.

27. Camargo LSA, Ferreira AM, Viana JHM, Sá WF, Carvalho BC, Iuma LT. Reprodução. In: Campos OF, Mirando JEC. Gado de leite: o produtor pergunta, a Embrapa responde. 3a ed. Brasília, DF: Embrapa Gado de Leite; 2012.

28. Abreu UGPD, Cezar IM, Torres RDA. Análise bioeconômica da introdução de período de monta em sistemas de produção de rebanhos de cria na região do Brasil Central. Rev Bras Zootec. 2003;32(5):1198-206.

29. Fausto DA, Oliveira Júnior RCD, Fernandes JJDR, Lima FA. Avaliação dos índices zootécnicos de pequenas propriedades leiteiras. In: Anais do 6o Seminário de Iniciação Cientifica; 2008; Montes Belos. Montes Belos: Universidade estadual do Goiás; 2008.

30. Zoccal R, Souza ADD, Gomes AT, Leite JLB. Produção de leite na agricultura familiar. In: Anais do 12o Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural; 2004; Cuiabá. Cuiabá: SOBER; 2004.

31. Vieira GA, Quadros DGD. O manejo sanitário e sua importância no novo contexto do agronegócio da produção de pecuária de corte [Internet]. Editora Ergomix; 2006. [cited 2016 Fev 02]. Available from: http://followscience.com/content/364313/o-manejo-sanitario-e-sua-importancia-no-novo-contexto-do-agronegocio-da-producao/

32. Lazia B. A importância do controle sanitário do rebanho leiteiro. Viçosa: Portal Agropecuário; 2012.

33. Facó O, Lobo RNB, Martins Filho R, Lima FDAM. Idade ao primeiro parto e intervalo de partos de cinco grupos genéticos Holandês x Gir no Brasil. Rev Bras Zootec. 2005;34(6):1920-6.
Publicado
25-05-2020
Como Citar
Rezende, L. P., da Silva Lopes, G., de Sousa Silva Lima, S., & Pereira Chaves, E. (2020). IMPLANTAÇÃO DE ESCRITURAÇÃO ZOOTÉCNICA EM PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS NO MUNICÍPIO DE GRAJAÚ - MA. Veterinária E Zootecnia, 27, 1-16. https://doi.org/10.35172/rvz.2020.v27.221
Seção
Artigos Originais