Aspectos tomográficos das neoplasias nasais em cães

Estudo retrospectivo

  • Carmel Rezende Dadalto
  • Letícia Rocha Inamassu
  • Shayra Peruch Bonatelli
  • Maria Jaqueline Mamprim
Palavras-chave: cavidade nasal, citologia, diagnóstico por imagem, histologia

Resumo

A doença nasal crônica é uma enfermidade rotineira na clínica de pequenos animais que possui causas variadas, sendo necessária a realização de exames complementares para o diagnóstico definitivo, principalmente os de imagem. O objetivo desse estudo retrospectivo foi avaliar tomografias computadorizadas da cavidade nasal de cães e descrever as principais alterações neoplásicas encontradas. Dentre os achados, foi observado em 100% dos animais a opacificação da cavidade nasal, seguida da captação de contraste na lesão em 92,3%, osteólise em 84,6%, e em menor frequência (53,8%) a perda de definição ou desvio do septo nasal. Nesses animais o diagnóstico de neoplasia nasal foi sugerido pelo exame tomográfico e confirmado pelos exames citológico e histológico.

Publicado
25-02-2019
Como Citar
Rezende Dadalto, C., Rocha Inamassu, L., Peruch Bonatelli, S., & Mamprim, M. J. (2019). Aspectos tomográficos das neoplasias nasais em cães: Estudo retrospectivo. Veterinária E Zootecnia, 26, 1-7. https://doi.org/10.35172/rvz.2019.v26.167
Seção
Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)