Acompanhamento por exames imagiológicos de fêmeas caninas e felinas gestantes

  • Ricardo de Souza Buzo Universidade Estadual Paulista - FMVA
  • Talita Franco Andrade Universidade Estadual Paulista - FMVA
  • Luana Rillo do Vale Universidade Estadual Paulista - FMVA
  • Jardel Felipe Tremea Universidade Estadual Paulista - FMVA
  • Bruna Silva Oliveira Universidade Estadual Paulista - FMVA
  • Marion Burkhardt de Koivisto Universidade Estadual Paulista - FMVA
  • Luciana Del Rio Pinoti Universidade Estadual Paulista - FMVA
Palavras-chave: ultrassonografia, radiografia, pequenos animais, gestação, parto

Resumo

A gestação é um período muito importante no desenvolvimento fetal no qual é preciso sempre se atentar a qualquer problema que a fêmea ou os conceptos possam desenvolver. Um destes pode ocorrer no final do período gestacional, durante o parto. Algumas cadelas e gatas têm dificuldades para realizar o parto normal, seja por distocia materna ou fetal. A partir disso, o animal pode correr sérios riscos, juntamente com sua prole, que está prestes a nascer. Para evitar a morte dos animais devido a distocia, recomenda-se a realização do acompanhamento gestacional por meio de exames ultrassonográficos e radiográficos. O ultrassom auxilia na predição estimada da data do parto enquanto o raio-x verifica a possibilidade de um parto distócico. O objetivo deste trabalho foi verificar a acurácia desses exames imagiológicos nos acompanhamentos gestacionais realizados entre anos de 2014 a 2019 no Hospital Veterinário da instituição. Com as devidas análises, visualizou-se que ambos os exames possuem alta taxa de acerto quanto às suas predições. Além disso, também se concluiu a existência de variáveis que afetam essa acurácia. Vale ressaltar que ainda são necessários estudos com uma amostra maior para uma melhor constatação, visando também a verificação das melhores datas para se fazer os exames. Recomenda-se a realização destes estudos com maior especificidade, verificando diferenças entre raças, espécies e tipos de crânio. Este estudo retrospectivo é de suma importância para orientação da conduta dos médicos veterinários quanto à necessidade de realização de acompanhamentos gestacionais, visando a diminuição dos riscos inerentes ao parto.

Biografia do Autor

Ricardo de Souza Buzo, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Graduando do Curso de Medicina Veterinária da Universidade Estadual Paulista - FMVA.

Talita Franco Andrade, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Médica Veterinária Residente (R1-2) do Programa de Residência Integrada de Medicina Veterinária  (PRIMV) da Universidade Estadual Paulista - FMVA.

Luana Rillo do Vale, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Médica Veterinária do Programa de Aprimoramento (AP1-2) em Práticas Hospitalares Veterinárias (PAPHOVE) da Universidade Estadual Paulista - FMVA.

Jardel Felipe Tremea, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Médico Veterinário do Programa de Aprimoramento (AP1-2) em Práticas Hospitalares Veterinárias (PAPHOVE) da Universidade Estadual Paulista - FMVA. 

Bruna Silva Oliveira, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Médica Veterinária Residente (R1-2) do Programa de Residência Integrada de Medicina Veterinária  (PRIMV) da Universidade Estadual Paulista - FMVA.

Marion Burkhardt de Koivisto, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Professor do Departamento de Clínica, Cirurgia e Reprodução Animal da Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA) da Universidade Estadual Paulista - FMVA

Luciana Del Rio Pinoti, Universidade Estadual Paulista - FMVA

Professora do Departamento de Clínica, Cirurgia e Reprodução Animal da Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA) da Universidade Estadual Paulista - FMVA

Publicado
05-12-2019
Como Citar
Buzo, R. de S., Franco Andrade, T., Rillo do Vale, L., Tremea, J. F., Silva Oliveira, B., Burkhardt de Koivisto, M., & Del Rio Pinoti, L. (2019). Acompanhamento por exames imagiológicos de fêmeas caninas e felinas gestantes. Veterinária E Zootecnia, 26, 1-11. https://doi.org/10.35172/rvz.2019.v26.363
Seção
Artigos Originais