PERCEPÇÃO DOS CONSUMIDORES DE PROTEÍNA ANIMAL SOBRE O BEM-ESTAR DOS ANIMAIS DE PRODUÇÃO NO MUNICIPIO DE PARAUAPEBAS, PARÁ, BRASIL

Palavras-chave: alimento, certificação de qualidade, consumidor

Resumo

Objetivou-se avaliar o nível de conhecimento dos consumidores de produtos de origem animal a respeito do bem-estar dos animais de produção, na cidade de Parauapebas-Pará, Brasil. Foram aplicados questionários contendo dez questões relacionadas ao tema bem-estar animal, totalizando 342 entrevistados, escolhidos de forma aleatória, considerando-se quatro perguntas de cunho socioeconômico, cujos entrevistados foram organizados em seis níveis educacionais e cinco níveis de renda familiar. A pesquisa foi realizada em feiras, açougues, mini mercados e duas grandes redes de supermercados da cidade de Parauapebas, em bairros diferentes, para abranger público com níveis distintos de renda e que de estivessem, de preferência, consumindo ou adquirindo produtos de origem animal. Os dados coletados foram analisados por teste não paramétrico de significância a 5%. Percebeu-se que os consumidores com melhor nível de escolaridade e com renda mais elevada estão dispostos a pagar por um produto de melhor qualidade e durabilidade e acreditam que com o avanço do conhecimento em relação ao bem-estar os produtos certificados passaram a ser mais acessível a consumidores menos favorecidos.

Referências

1. Schaly LM, Oliveira MC, Salviano PAP, Abreu JM. Percepção do consumidor sobre bem-estar de animais de produção em Rio Verde, GO. Pubvet, 2010; 4(38):1982-1263. Acesso em: http://www.pubvet.com.br/uploads/7e8feb0e14d7bece67cb14a9cc12a21a.pdf >.
2. Bennett EL. Is there a link between wild meat and food security? Conservation Biology, 2002; 16:590–592.
3. Molento CFM. Bem-estar e produção animal: aspectos econômicos – revisão. Archives of Veterinary Science, 2005; 10(1):1-11. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v10i1.4078
4. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira : 2016 / IBGE, Coordenação de População e Indicadores Sociais. - Rio de Janeiro : IBGE, 2016 146 p. - (Estudos e pesquisas. Informação demográfica e socioeconômica, ISSN 1516-3296 ; n. 36) Acesso em: 21 fev 2020.
5. Levin J. (1987). Estatística aplicada a ciências humanas. São Paulo: Harbra.
6. Bonamigo A, Bonamigo CBSS, Molento CFM. Atribuições da carne de frango relevantes ao consumidor: foco no bem-estar animal. Revista Brasileira de Zootecnia, 2012; 41(4):1044-1050. DOI: 10.1590/S1516-35982012000400029
7. Raineri CR, Antonelli N, Prosdocimi C, Simionato De Barros AM, Tarazona, Gameiro AH. Contribution to economic evaluation of systems that value animal welfare at farm. Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias, 2012; 25:123-134. Acesso em:
8. Pinheiro MC, Gomes FE, Lopes GN. Perfil e preferência de consumo da carne bovina na cidade de Boa Vista-Roraima (RR). Agro@mbiente On-line, 2008; 2(1): 28-36. DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v2i1.157
9. Pedrazzani AS, Molento CFM, Carneiro PCF, Catilho MF. Senciência e bem-estar de peixes: uma visão de futuro do mercado consumidor. Panorama da Aquicultura, 2007; 102, 24-29. Acesso em: https://panoramadaaquicultura.com.br/senciencia-e-bem-estar-de-peixes-uma-visao-de-futuro-do-mercado-consumidor/
10. Barcellos MD. Informação e qualidade na compra de carne bovina. Faces: Revista de Administração, 2004; 3(2):43-59. DOI: doi.org/10.21714/1984-6975FACES2004V3N2ART35.
11. Astiz CS. Calidad de la canal y de la carne ovina y caprina y los gustos de los consumidores. Revista Brasileira de Zootecnia, 2008; 37:143-160. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982008001300018.
12. Francisco DC, Nascimento VP, Loguercio AP, Camargo L. Caracterização do consumidor de carne de frango em Porto Alegre. Ciência Rural, 2007; 37(1):253-258. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782007000100041.
13. Velho JP, Barcellos JOJ, Lengler L, Elias SA, Oliveira TE. Disposição dos consumidores porto-alegrenses à compra de carne bovina com certificação. Revista Brasileira de Zootecnia, 2009; 38:399-404. DOI: doi.org/10.1590/S1516-35982009000200025
14. Kallio JH. Animal health and animal welfare: Is it the same thing? Acta Veterinary Scand. 2008; 50: S1-S2. DOI: https://doi.org/10.1186/1751-0147-50-S1-S2
Publicado
02-03-2021
Como Citar
1.
Abreu ML de, Dantas G da S, Silva WC da, Barbosa AVC, Silva JAR da. PERCEPÇÃO DOS CONSUMIDORES DE PROTEÍNA ANIMAL SOBRE O BEM-ESTAR DOS ANIMAIS DE PRODUÇÃO NO MUNICIPIO DE PARAUAPEBAS, PARÁ, BRASIL. RVZ [Internet]. 2º de março de 2021 [citado 13º de maio de 2021];28:1-12. Disponível em: https://rvz.emnuvens.com.br/rvz/article/view/484
Seção
Artigos Originais