EFICÁCIA DO CALDO DE FUMO (NICOTIANA TABACUM) NO CONTROLE DO MENACANTHUS STRAMINEUS (PHTHIRAPTERA: MENOPONIDAE) EM GALINHAS POEDEIRAS NO MUNICÍPIO DE SALINAS, MINAS GERAIS

Autores

  • Natan Dias de Oliveira Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas - Acadêmico de Bacharelado em Medicina Veterinária https://orcid.org/0000-0001-5446-6744
  • Vitor Dantas de Medeiros Fonseca Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas - Acadêmico de Bacharelado em Medicina Veterinária https://orcid.org/0000-0002-4756-2073
  • Sâny Ribeiro Aquino Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas - Acadêmico de Bacharelado em Medicina Veterinária https://orcid.org/0000-0002-3150-643X
  • Nágila Alves Nascimento Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas - Acadêmico de Bacharelado em Medicina Veterinária
  • Elber Gomes Sousa Médico Veterinário autônomo
  • Vanessa Paulino da Cruz Vieira Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas - Docente do curso de Bacharelado em Medicina Veterinária https://orcid.org/0000-0003-2276-2623

DOI:

https://doi.org/10.35172/rvz.2022.v29.571

Palavras-chave:

Ectoparasito, Piolho, Aves de postura, Avicultura

Resumo

Em granjas de postura, infestações por ectoparasitas são um problema que gera gastos e diminui a produção dos animais, pelo aumento do estresse. O piolho Menacanthus stramineus é apontado como um dos principais parasitas na avicultura comercial. Há um interesse crescente no uso de abordagens de controle de parasitos na produção de aves minimizando o uso de pesticidas sintéticos tradicionais. Objetivou-se avaliar a eficácia do caldo de fumo (Nicotiana tabacum) no controle do Menacanthus stramineus (Phthiraptera: Menoponidae) em galinhas poedeiras no município de Salinas, Minas Gerais. Para isso, 30 galinhas poedeiras naturalmente infestadas por piolhos, oriundas dos Setor de Zootecnia I do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas (IFNMG), foram selecionadas aleatoriamente e divididas em três grupos, mantidos em galpões distintos e separados: Grupo I- Tratado com caldo de fumo, conforme Sagrilo e colaboradores (2007); Grupo II- Tratado com Colosso Pulverização®, diluídos 11ml em nove litros; Grupo III- Controle, tratado com água, sendo todos os grupos submetidos ao tratamento por imersão em balde com nove litros de solução. Espécimes de piolhos foram coletados manualmente através de inspeção visual, juntamente com penas contendo ovos em sua base e encaminhados ao Laboratório de Parasitologia Veterinária (LPV) do IFNMG, para realização do diagnóstico parasitológico através de chaves de identificação. Os espécimes foram clarificados em hidróxido de potássio a 10% e observados em microscopia óptica nas objetivas de 4x e 10x. Os ovos foram observados em microscópio estereoscópico, no aumento de 4x. Todas as galinhas foram diagnosticadas com infestação por ovos e adultos de M. stramineus. Para o banho de imersão, as aves foram seguradas pelo pescoço e pelas asas, mergulhando todo seu corpo em balde plástico. Sete dias após a realização dos tratamentos, as aves foram novamente examinadas em uma inspeção visual pelos mesmos examinadores.  O Grupo I não apresentou ovos e nem adultos de M. stramineus em nenhuma ave, revelando 100% de eficácia. O Grupo II não apresentou adultos, mas foram observados ovos aderidos à base das penas, friáveis ao toque, em nove aves. Posteriormente, verificou-se que se tratava de cascas de ovos vazias. E, o Grupo III estava ainda intensamente parasitado por ovos e adultos de M. stramineus. Conclui-se que o caldo de fumo (Nicotiana tabacum) preparado conforme descrito na metodologia do presente trabalho, é eficaz no controle do piolho Menacanthus stramineus (Phthiraptera: Menoponidae) em galinhas poedeiras no município de Salinas, Minas Gerais.

Referências

1. Amaral GF, Guimarães D, Nascimento JC, Custodio S. Avicultura de postura: estrutura da cadeia produtiva, panorama do setor no Brasil e no mundo e o apoio do BNDES. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n.43, p. 167 - 207, 2016.
2. DeVaney, JA. A Survey of Poultry Ectoparasite Problems and Their Research in the United States. Poultry Science, Vo. 57, p 1217–1220, 1978.
3. Durden LA. Lice (Phthiraptera) in: DURDEN, L. A.; MULLEN G. R, Medical and Veterinary Entomology. Elsevier, Ed. 3, p 79-106, 2019.
4. Relatório de Atividades do ano de 2018, Embrapa Suínos e Aves. Disponível em: <https://www.embrapa.br/suinos-e-aves/relatorio>.
5. Freitas IS, Salvador AP, Mendonça MO, Tardocchi CFT, Ferreira IM. Atualidades e perspectivas do bem-estar animal na avicultura de corte e de postura. Nutritime Revista Eletrônica. Vol. 16, Nº 01, 2019.
6. Guerra RMSNC, Chaves EP, Passos TMG, Santos ACG. Espécies, Sítios de Localização, Dinâmica e Estrutura de Populações de Malófagos em Galinhas Caipiras (Gallus gallus L.) Criadas na Ilha de São Luis, MA. Neotropical Entomology, 2008.
7. Monteiro SG. Parasitologia na medicina veterinária / Silvia Gonzalez Monteiro. – 2. ed. – Rio de Janeiro: Roca, 2017.
8. Mullen G, Durden L. Medical and Veterinary Entomology. Elsevier Editora, Ed. 3, 2018.
9. Mullens BA, Murillo AC. The future of poultry pest management in: Advances in Poultry Welfare, MENCH, J A. Elsevier, p. 296 – 321, 2018.
10. Mullens BA, Chen B L. Owen JP. Beak condition and cage density determine abundance and spatial distribution of northern fowl mites, Ornithonyssus sylviarum, and chicken body lice, Menacanthus stramineus, on caged laying hens. Poultry Science, 2010.
11. Price MA, Graham OH. Chewing and sucking lice as parasites of mammals and birds. U.S. Dept. of Agriculture, Agricultural Research Service. 1997.
12. Rezende LC. Epidemiological aspects of lice (Menacanthus species) infections in laying hen flocks from the State of Minas Gerais, Brazil. British Poultry Science, Vol. 57, n. 1, p. 44–50, 2016. Disponível em: < http://phthiraptera.info/node/94341>.
13- Sagrilo E, Vieira FJ, Sobreira RS. Criação de galinhas caipiras / Embrapa Informação Tecnológica; Embrapa MeioNorte. – Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2007.
14. Taylor MA, Coop RL, Wall RL. Parasitologia veterinária/M. A. Taylor. 4. ed. – Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.
15. Tucci EC. Ectoparasita em granja de postura in: Avisite, n.51, 2011.
16. Tuff DW. A key to lice of man and domestic animals. The Texas Journal os Science, Vo. 28, p 147-159, 1976.
17. Tully TN, Dorrestein GM, Jones AK. Clínica de aves. Elsevier Editora, Ed. 2, 2010.
18. Windhorst HW, Grabkowsky B, Wilke A. Atlas of the Global Egg Industry. International Egg Commission, 2013. Disponível em: < http://www.internationalegg.com/wp-content/uploads/2015/08/atlas_2013_web.pdf >.

Downloads

Publicado

2022-06-06

Como Citar

1.
Dias de Oliveira N, Dantas de Medeiros Fonseca V, Ribeiro Aquino S, Alves Nascimento N, Gomes Sousa E, Paulino da Cruz Vieira V. EFICÁCIA DO CALDO DE FUMO (NICOTIANA TABACUM) NO CONTROLE DO MENACANTHUS STRAMINEUS (PHTHIRAPTERA: MENOPONIDAE) EM GALINHAS POEDEIRAS NO MUNICÍPIO DE SALINAS, MINAS GERAIS. RVZ [Internet]. 6º de junho de 2022 [citado 17º de junho de 2024];29:1-11. Disponível em: https://rvz.emnuvens.com.br/rvz/article/view/571

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)