Qualidade microbiológica do leite de cabra pasteurizado produzido na mini usina de prata cariri paraibano

  • Raissa Almeida Silva
  • Janaina Keilla da Costa Silva
  • Maria das Graças Xavier de Carvalho
Palavras-chave: leite de cabra, microbiologia, controle de qualidade

Resumo

Este trabalho objetivou avaliar a qualidade microbiológica do leite de cabra pasteurizado
processado na mini usina de Prata, localizada na região do Cariri, Brasil. Nos meses de junho
de 2015 a janeiro de 2016, foram coletadas 30 amostras de leite de cabra pasteurizado, cuja
qualidade foi avaliada por meio de parâmetros microbiológicos quanto à contagem de
mesófilos, coliformes 35ºC e coliformes 45ºC. Os resultados das análises indicaram que das 30
amostras analisadas 11 (36,6%) apresentaram contaminação por micro-organismos mesófilos.
Com relação os micro-organismos coliformes a 35ºC 6 (20%) das amostras foram positivas e
para coliformes a 45ºC a contaminação ocorreu em 2 (6,6%), indicando que na sua maioria as
amostras não atendiam aos requisitos mínimos previstos em lei, apresentando condições
higiênicas e sanitárias insatisfatórias para o consumo.

Referências

1. Bellioni-Businco B, Paganelli R, Lucenti P, Giampietro PG, Perborn H, Businco L.
Allergenicity of goat’s milk in children with cow’s milk allergy. J Allergy Clin Immunol.
1999;103(6):1191-4.
2. Haenlein GFW. Goat milk in human nutrition. Small Rumin Res. 2004;51(2):155-63.
3. Swanson KMJ, Busta FF, Peterson EH, Johnson MG. Colony count methods. In: Vanderzant
C, Splittstoesser DF. Compedium of methods for the microbiological examination of foods.
3rd ed. Washington: American Public Health Association; 1992. p.75-95.
4. Berquó ES, Souza JMP, Gotlieb SLD. Bioestatística. São Paulo: Editora Pedagógica e
Universitária; 1980.
5. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (BR). Instrução normativa nº 37, de 31
de Outubro 2000. Aprova o regulamento técnico de produção, identidade e qualidade do leite
de cabra. Diário Oficial da União [Internet]. 8 Nov 2000 [cited 2005 jan 21]. sec. 1, p.23-5.
Available from:
http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:TKNBXBQ6CdMJ:revistas.bvsvet.org.br/rialutz/article/download/23899/24745+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br
6. Carvalho MGX. Características físico-químicas, biológicas e microbiológicas do leite de
cabra processado em micro-usinas da região da Grande São Paulo- SP [tese]. São Paulo:
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo; 1998.
7. Lopes ACS, Stamford TLM. Pontos críticos de controle no fluxograma de beneficiamento
do leite pasteurizado. Arch Latinoam Nutr. 1997;47(4):367-71.
8. Oliveira MA, Fávaro RMD, Okada MM, Abe LT, Iha MH. Qualidade físico-química e
microbiológica do leite de cabra pasteurizado e ultra alta temperatura, comercializado na
região de Ribeirão Preto-SP. Rev Inst Adolfo Lutz. 2005;64(1):104-9.
Publicado
04-12-2017
Como Citar
Almeida Silva, R., da Costa Silva, J. K., & Xavier de Carvalho, M. das G. (2017). Qualidade microbiológica do leite de cabra pasteurizado produzido na mini usina de prata cariri paraibano. Veterinária E Zootecnia, 24(4), 763-767. https://doi.org/10.35172/rvz.2017.v24.246
Seção
Artigos Originais