DETECÇÃO DE IMUNOGLOBULINAS ANTI- TOXOPLASMA GONDII E ANTI- NEOSPORA CANINUM EM BOVINOS NO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

Palavras-chave: Toxoplasmose bovina, Neosporose bovina, Bovinos, Rio Grande do Sul

Resumo

Neosporose e toxoplasmose são doenças de importância na esfera reprodutiva e em saúde pública. Dados de soroprevalência destes protozoários em regiões de importante cadeia produtiva de bovinos no Brasil, como a região Sul, são necessários para compreender a extensão dos problemas causados por estas enfermidades, bem como melhorar o emprego de medidas profiláticas e de controle. Os resultados do levantamento sorológico realizado por este estudo, pela reação de Imunofluorescência Indireta (IFI) para detecção de anticorpos anti- T. gondii e anti- N. caninum, apontaram animais positivos para infecção por T. gondii (7,2%) e N. caninum (7,6%), abaixo das citadas na literatura no Estado do Rio Grande do Sul, que parece apresentar prevalências menores quando comparado com outras regiões do Brasil, caracterizando uma disseminação moderada destes agentes.

Publicado
11-03-2021
Como Citar
1.
Callefe JLR, Langoni H, Bott Mantovan K. DETECÇÃO DE IMUNOGLOBULINAS ANTI- TOXOPLASMA GONDII E ANTI- NEOSPORA CANINUM EM BOVINOS NO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL. RVZ [Internet]. 11º de março de 2021 [citado 13º de maio de 2021];28:1-. Disponível em: https://rvz.emnuvens.com.br/rvz/article/view/535
Seção
Artigos Originais